Retrabalhos na Produção

Realizar todas as etapas da indústria com o máximo de eficiência e o mínimo de custo financeiro e de tempo são metas comuns das fábricas. Afinal, esse quesito é um diferencial dentro da acirrada competição dessa área e pode resultar em mais sucesso em vendas, mais negociações e um maior lucro no final.

 

Para tal, um dos princípios básicos é ter controle de retrabalhos na produção, a fim de reduzi-los e tornar a sua indústria mais eficaz. Entenda como os retrabalhos impactam a sua produção e o que fazer para controlá-los em todos os setores da empresa:

 

Por que o controle de retrabalhos na produção é importante?

 

O processo de manufatura é complexo e envolve muitas variáveis, além de um planejamento meticuloso. Por isso, quando um projeto dá errado, seja por um defeito, erro de cálculo, entre outros, isso traz não só frustração para a equipe como cria demanda de trabalho extra. É o desperdício de materiais, a tentativa de salvar o conteúdo, toda a investigação para entender o que deu errado, entre outras dificuldades.

 

Passar por um retrabalho é mais demorado e penoso do que criar algo do zero, já que é necessário aproveitar o máximo possível do trabalho já feito.

 

Por isso, uma fábrica que domina a questão do controle de retrabalhos na produção é capaz não só de reduzir a chance disso acontecer como, quando ocorrer (já que nem tudo é possível evitar), ela terá aptidão para resolver a questão com o máximo de agilidade e o mínimo de prejuízo. Aprenda como fazer isso:

 

Monitore desde a matéria-prima

 

Para ter esse controle completo, é preciso ter atenção desde as primeiras etapas. Erros no pedido de materiais para confecção podem gerar excesso ou mesmo a falta. Isso gera um retrabalho no sentido de refazer contas e pedidos e contatar fornecedores, o que atrasa a produção têxtil.

 

O mesmo vale também para sua fabricação, já que errar na quantidade afeta o estoque e consequentemente as entregas e vendas. É possível usar software para armazenar e acessar os pedidos de forma confiável.

 

Inspecione todas as etapas

 

Quando você delega as ordens, mas não verifica o andamento de cada etapa, apenas no final, você encontra o erro tardiamente e enfrenta dificuldades para localizar a fonte. São mais horas de retrabalho, não só pelo gasto resolvendo, mas pela demora em identificar a questão, já que terá que investigar toda a produção. Usando inspeções variadas ao longo do processo, a identificação do erro é imediata e o retrabalho reduzido.

 

Oriente a equipe

 

O trabalho humano é essencial na indústria e falhas de comunicação são fonte constante de retrabalhos. Por isso, faça pedidos com clareza e precisão e treine sua equipe constantemente para atualizar seus conhecimentos e diminuir seus erros. Tenha também uma comunicação conectada, onde todos os setores dialogam entre si para integrar o trabalho como um só e evitar equívocos logísticos.

 

Invista na qualidade dos processos

 

Para uma boa qualidade do produto, o procedimento também deve ser bem-feito. Realize manutenção constante nos equipamentos, adquira uma ferramenta ou sistema para confecção novos, use matéria-prima de qualidade e revise o processo inteiro com alguma frequência. Assim, eliminará retrabalhos causados por maquinário com defeito ou um procedimento desatualizado.

 

É um investimento de prevenção cujo custo é menor do que ter que lidar com retrabalhos futuros.

 

Não perca tempo em aprimorar a sua produção. 

 

Clique aqui e  agende gratuitamente um diagnóstico do seu processo produtivo.

assine nossa newsletter e receba as novidades no seu e-mail.